shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : 0.00
View Cart Check Out

DUELO AO PÔR-DO-SOL GARANTE
REGRESSO ÀS VITÓRIAS 

Coin-toss. Créditos: Lisboa Devils

Cerimónia do coin-toss. Créditos: Lisboa Devils

 

Após excelente exibição frente aos Crusaders na jornada anterior, a fasquia estava elevada para a nossa equipa. E o primeiro drive dos Devils deixava antever que a equipa estava ali para dar seguimento ao bom momento, com o running back Rafael Pacheco, que se estreara a marcar também no Algarve mas diante dos Sharks, a abrir o activo após duas boas corridas consecutivas. 7-0 no marcador, com Ruben de Barros, irrepreensível na função de kicker, a marcar o ponto extra.

Touchdown Rafael Pacheco

Vídeo do touchdown de Rafael Pacheco

 

Mas a expectativa inicial não se confirmava e durante quase toda a primeira parte não houve mais jogadas dignas de registo por parte dos Devils, que não souberam aproveitar a superioridade demonstrada quer na classificação quer em desafios anteriores. Fumbles, intercepções, mas recepções e más decisões deixaram o resultado inalterado durante o resto do primeiro quarto e boa parte do segundo.

Quase a caminho dos balneários, o rookie Jerónimo Sebastião abana a partida e correu para o primeiro touchdown da sua carreira, estabelecendo o placard em 13-0 já que a tentativa de concretização dos dois pontos não passou disso mesmo.

Ao intervalo a sensação era óbvia: por mérito próprio mas também por demérito dos adversários, os Pirates ainda estavam no jogo uma vez que, no Futebol Americano, a diferença de dois touchdowns pode ser anulada com alguma facilidade.

Felizmente que nossa equipa veio dos balneários com outra atitude e mentalidade, demonstrando uma intensidade e concentração que estiveram ausentes dos primeiros 24 minutos da primeira parte. 

Pouco após o reinício da partida, numa corrida de mais de 40 jardas onde foi parado a cerca de 20 jardas da end-zone pirata, o running back Willian La Prado volta a receber a bola de Bernardo Solipa e aumenta o marcador para 20-0 com nova bom pontapé aos postes.

Pouco depois, Jerónimo Sebastião é de novo protagonista de uma bela jogada de corrida e volta a marcar, elevando para dois os touchdowns da sua conta pessoal, com o kicker a estabelecer em 27-0 o resultado, muito perto do final do terceiro quarto.

Na entrada para o último quarto, Bernardo Solipa tira da cartola mais um excelente passe para o seu Receiver Bruno Cardoso e este não deixou os créditos em mãos alheias, confirmando novo touchdown na área dos Pirates. 34-0 com Pedro Almeida a converter uma jogada de dois pontos

Perto do fim do jogo, e no último drive da nossa equipa, Marco Favinha, antigo fullback campeão pelos Lisboa Navigators, fecha o resultado em 41-0, também por intermédio de uma corrida.

De realçar a estreia de alguns novos jogadores com a camisola dos Lisboa Devils, como foi o caso de Frederico Cabral da Câmara e Marco Sousa ou o regresso de Tiago Jaime, o defesa que em 2014 já havia integrado o plantel dos diabos.

Nota positiva para a Defesa dos Devils que soube “segurar as pontas” quando o jogo não estava a correr de feição, tendo provocado alguns fumbles e inúmeros sacks ao quarterback adversário. De destacar no Ataque a exibição de Jerónimo Sebastião, que, apesar de um fumble, marcou dois touchdown e uma conversão de dois pontos, e na Defesa a imparável partida do seu capitão Lourenço Tavares.

De lamentar apenas um facto alheio a qualquer uma das equipas presentes em campo: o horário da partida (19h30), imprópria para quem tem de jogar um jogo de 3 horas e posteriormente fazer uma viagem de 300 km. Infelizmente já vem sendo um (mau) hábito e que demonstra alguma falta de respeito para com a nossa modalidade.

O próximo jogo dos Lisboa Devils é em casa diante dos Algarve Sharks, a 25 de Abril (data a confirmar), numa partida em que o vencedor irá defrontar os Braga Warriors nos playoffs da competição.
 

Convocados

ATAQUE

André Amorim, André Costa, André Cunha, André Pinheiro, Bernardo Solipa (c), Bruno Cardoso, Diogo Cassiano, Frederico Ferreira, Jerónimo Sebastião, Jorge Lourenço, Luís Reis, Marco Favinha (c), Marlon Cassamá, Miguel Valente, Pedro Almeida, Pedro Flores, Rafael Pacheco, Ricardo Costa, Ricardo Fonte e Willian La’Prado

DEFESA

André Jesus, André Pacheco, Antoine Fernandez, António Estevão, Bruno Fonseca, David Martins, Fábio Alves, Fernando Cardoso, Filipe Conceição, Frederico Cabral da Câmara, Gonçalo Matos, Ivo Nascimento (c), João Almeida, Lourenço Tavares (c), Luís Miguel Sepúlveda, Nuno Almeida, Paulo Martins, Paulo Nunes, Pedro Fernandes, Pedro Mouta, Ruben de Barros e Tiago Jaime.

Capitães: Bernardo Solipa, Ivo Nascimento, Lourenço Tavares e Marco Favinha

Resumo do jogo (FA Portugal)